9 de julho de 2018

Campanha de prevenção do câncer de cabeça e pescoço, com o objetivo de conscientizar e alertar a população sobre os sintomas da doença e a importância da detecção precoce.

JULHO VERDE

Agora, no mês de julho, a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP) realiza a campanha de prevenção do câncer de cabeça e pescoço, com o objetivo de conscientizar e alertar a população sobre os sintomas da doença e a importância da detecção precoce.

Esse tipo de câncer, que acomete a cavidade oral, nasofaringe, orofaringe, hipofaringe, laringe, cavidade nasal, seios paranasais, glândulas salivares,. é o segundo mais frequente no homem, superado apenas pelo câncer de próstata. Nas mulheres, o câncer de tireoide aparece como o oitavo mais comum, com estimativa de 5.800 novos casos no Brasil em 2016.

A Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc)-Hospital Santa Rita de Cássia (HSRC) reforça a orientação da SBCCP de que o diagnóstico precoce, somado ao tratamento adequado, aumentam as chances de sobrevida, com uma melhor qualidade de vida. Fique atento aos sintomas e procure o seu médico regularmente.

No Espírito Santo, análise recente de 154 casos de câncer de cabeça e pescoço tratados na Afecc-Hospital Santa Rita de Cássia e no Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam) mostra que os homens são maioria (84%), a cavidade oral é a área mais acometida (64,3%), seguido da faringe (23,4%) e laringe (18%). Mais da metade dos casos tinha diagnóstico em estágio avançado da doença.

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a estimativa de novos casos de câncer de boca no Brasil, em 2016, é de 15.490, sendo 11.140 em homens e 4.350 em mulheres. O número de mortes pela doença deverá chegar a 5.401 casos, sendo 4.223 homens e 1.178 mulheres. Já a estimativa para o câncer de laringe é de 7.350 novos casos (6.360 em homens e 990 em mulheres), com previsão de 4.141 óbitos (3.635 homens e 506 mulheres).

Principais sintomas
  • Nódulo persistente no pescoço, principalmente quando não desaparece espontaneamente em até 21 dias.
  • Lesão na boca que não cicatriza espontaneamente em até 21 dias.
  • Rouquidão por mais de três semanas, em especial, em fumantes e consumidores frequentes de bebidas alcoólicas.

Principais fatores de risco
  • Tabagismo
  • Etilismo
  •  Infecção por HPV (Papilomavírus humano, relacionado ao câncer de orofaringe)
  • FONTE;  http://www.afecc.org.br/noticia/julho-verde

8 de julho de 2018

PARABÉNS E FELIZ ANIVERSÁRIO , AMOR DA VIDA DA VOVÓ, MIGUEL !!!

HOJE O DIA É ESPECIAL, MEU NETO PRIMOGÊNITO MIGUEL, ESTA COMPLETANDO 

MAIS UM ANO DE VIDA.


OBRIGADA SENHOR POR TUDO !!!


O ATLETA DA VOVÓ!!!


QUE DEUS REALIZE SEUS SONHOS E TE PROTEJA DA MALDADE HUMANA !!!


PARABÉNS !!!